Notícias

Juliana Estradioto, estudante brasileira, ganha prêmio em feira pré-universitária nos Estados Unidos e ganha asteróide com o seu nome

26/05/2019 13h47 | Atualizado em: 26/05/2019 14h04

https://www.huffpostbrasil.com/entry/brasileira-ciencia-asteroide_br_5ce86fa5e4b00356fc21838d
Como conquistou o 1º lugar da categoria, Estradioto também poderá batizar um asteroide com seu nome ― algo comum a estudantes que ficam com os primeiros e segundos lugares em categorias da premiação.

Foi com a pesquisa sobre o aproveitamento da casca de noz macadâmia para curativos de ferimentos da pele ou para criar embalagens a jovem levou o prêmio. A ideia é substituir o uso do plástico nesses materiais.

A estudante criou uma farinha biodegradável a partir da casca da noz de macadâmia que, em contato com microorganismos, se transforma em uma membrana.

O material substitui os sintéticos, como sacolas plásticas, por exemplo. Segundo a cientista, a ideia é criar um produto sustentável, com custo baixo, produzido a partir de resíduos com destinação ao lixo.

Ref.: https://www.huffpostbrasil.com/entry/brasileira-ciencia-asteroide_br_5ce86fa5e4b00356fc21838d
Por Equipe Cienciarte
Contato@cienciarte.com.br